sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Sen. Magno Malta Chama Atenção para a Lei Anti-Homofobia



O projeto de lei "PLC 122/2006", dá aos homossexuais superdireitos e proíbe toda e qualquer manifestação contra a homosexualidade.

Aos interessados, aqui um parecer jurídico sobre o projeto de lei.

4 comentários:

Anônimo disse...

O termo correto é homexualidade, pois o sufixo ''ismo'' de homossexualismo denota uma patologia, o que já está mais que comprovado cientificamente que não se trata, favor retificar

Bruno Hoffmann disse...

retificado. Obrigado.

Carlos disse...

Na verdade tanto faz utilizar a palavra "homossexualismo" ou "homossexualidade". Todo mundo, que tenha algum bom senso e que ainda não foi totalmente idiotizado pela propaganda gay, sabe que o comportamento homossexual é uma anomalia, um distúrbio psíquico e sexual.

Roberto Domingos disse...

Estudos mais recentes mostram que o comportamento homossexual não tem nada a ver com a genética, é opção do indivíduo, esta opção, se exercitada em ambiente privado, como qualquer casal heterosexual normal faz, ninguém tem nada com isso, mas pegar uma bandeira, se vestir de mulher e sair por aí em passeatas agredindo a religiões e a outras pessoas que discordam deste tipo de comportamento, é uma anomalia, um distúrbio psíquico sim. Se formos obrigados a achar um vício, uma opção que destoa, teremos de aceitar daqui a pouco a pedofília, zoofilia e outras taras como algo normal. Boas leis protegem os interesses da sociedade e não de grupos. Para o movimento GAY, só o fato de ser contra esta lei (que é uma ameaça a liberdade religiosa) já é ser preconceituoso, homofóbico. Não devemos nos esquecer dos protestos por parte do movimento Gay contra a visita do Papa ao Brasil e mais recentemente o cerco de gays a igrejas, bem como a invasão e depredação de um templo evangélico nos EUA.
Fonte http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/nov/08111104.html